Bem Vindo a Games Network!

A GN, é um Site instalado em um fórum, temos um bom conteúdo como se fosse um Site.

Notificamos que você não está logado, faça o login, ou crie uma conta em Registrar-se.

Obrigado!

Please, Gamers First.

Mais Esperados...

Uncharted 3: Drake's Deception

Lançamento: 01.11.2011

Plataforma: Exclusiva; PS3

Call of Duty: Modern Warfare 3

Lançamento: 08.11.2011

Plataforma: Liberada;

Assasins's Creed: Revelations

Lançamento: 15.11.2011

Plataforma: Liberada;

Battlefield 3

Lançamento: 25.10.2011

Plataforma:: Liberada;

Gears of War 3

Lançamento: 20.09.2011

Plataforma: Exclusiva; XBOX360


    Entrevista: Tintim para Wii e Nintendo 3DS

    Compartilhe
    avatar
    Super Mario 3D Land
    Redator
    Redator


    Mensagens : 56
    Pontos : 191195
    Data de inscrição : 07/03/2011
    Idade : 19
    Localização : Mushroon Kingdon

    Entrevista: Tintim para Wii e Nintendo 3DS

    Mensagem  Super Mario 3D Land em Sex Nov 25, 2011 6:59 am

    Entrevista: Tintim para Wii e Nintendo 3DS

    Há mais de 50 anos que o herói de banda desenhada Tintim nos entretém mas agora podemos ver o famoso repórter, criado originalmente por Hergé, não só nas salas de cinema, num filme realizado por Steven Spielberg e Peter Jackson, como também nas consolas Wii e Nintendo 3DS.

    A Nintendo falou com o produtor de As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne - O jogo para a Wii e para a Nintendo 3DS numa entrevista em que vieram à luz os desafios implicados na animação inovadora de um herói icónico, a relação de trabalho com dois realizadores de cinema lendários e o amor imediato pela série Tintim.

    Tintim foi criado tanto para a Wii como para a Nintendo 3DS. Quais são as diferenças entre os jogos para cada uma das consolas?

    A mecânica de jogo é a mesma em ambas as plataformas. Os controlos da Wii são muito bons para este tipo de jogabilidade. É intuitivo para crianças e é variado e acessível. A versão para a Nintendo 3DS tem partes bastante impressionantes e vimos que a consola tinha potencial para um jogo deste género: o estilo de deslocação lateral em 3D funciona bem e tem um aspeto incrível. Só no modo Story existem 12 ambientes principais que te obrigam a moveres-te constantemente por locais, níveis e situações diferentes. É muito divertido!

    Gerimos ambas as plataformas nos nossos estúdios em Montpellier, França. Estes estúdios são conhecidos por fazerem jogos baseados em filmes, como, por exemplo, King Kong, que teve bastante sucesso. O núcleo da equipa incluiu os responsáveis por King Kong, então tivemos pessoas bastante criativas, com experiência no desenvolvimento deste tipo de jogos.

    A jogabilidade parece muito variada. Que diferentes tipos de experiências é que os jogadores podem esperar?

    Na jogabilidade central, Tintim deve encontrar formas criativas de ultrapassar os obstáculos à sua frente e tentámos fazer as coisas com humor. Assim, podes atirar coisas diferentes, como um vaso à cabeça, e divertires-te com as personagens e o ambiente. Essa é a parte central do jogo. Também temos natação, mergulho, voo e luta de espadas. Temos muita variedade assim como combinações de diferentes tipos de jogabilidade. Mas é tudo muito acessível e não há uma curva de aprendizagem acentuada, o que o torna acessível para crianças e famílias.
    O realizador Peter Jackson esteve bastante envolvido no desenvolvimento de King Kong. Neste jogo também houve um grande envolvimento por parte dos realizadores?

    Sim, desde o início que tivemos o apoio dos realizadores e este é bastante único porque tanto Steven Spielberg, que realizou o filme, como Peter Jackson, que o produziu, são bastante mediáticos. Reunimo-nos várias vezes durante os últimos anos para analisarmos elementos criativos, para falarmos sobre o enredo e para partilharmos materiais. Para além de serem realizadores de cinema geniais, também criam (e jogam) jogos e foi ótimo poder contar com esse tipo de entendimento em relação aos desafios que implica desenvolver jogos. Ao mostrar-lhes o trabalho que estamos a desenvolver, eles entendem que a jogabilidade está no centro de tudo e constroem a história em torno dela. Foi muito bom para nós.
    Como funciona o modo cooperativo no jogo? Oferece uma experiência significativamente diferente da do modo para um só jogador?

    Sim, o jogo em cooperação é diferente. Queríamos fazer uma coisa diferente da natureza mais linear do modo Story. Então o jogo em cooperação decorre cronologicamente logo após a própria história do modo Story. O Capitão Haddock é atingido na cabeça e este jogo em cooperação decorre nos seus sonhos. Isto faz com que nos divirtamos mais com as personagens, que têm habilidades diferentes. Haddock consegue atravessar portas e embora esteja a reviver as suas experiências recentes, os ambientes são baseados em sonhos. Tens seis personagens jogáveis entre as quais podes alternar e tesouros que podes colecionar para gastares em fatos diferentes. Existem muitos colecionáveis e muitas formas de enriquecer a experiência; é muito divertido. Existem cerca de 25-30 níveis no modo cooperativo, pelo que tem profundidade.

    Pode falar-nos um pouco mais sobre o modo Challenge do jogo?

    Este modo inclui elementos do jogo: a condução, a luta de espadas e o comando de um avião, tudo dentro de um sistema baseado em desafios. É uma estrutura ao estilo de um torneio, com dificuldade crescente, e tens muitos itens novos desbloqueáveis, como espadas para as lutas, por exemplo. Podes jogar sozinho ou com outras pessoas no modo multijogadores por turnos.
    O jogo tira partido das capacidades da Nintendo 3DS para lá das imagens em 3D?

    Sim. Com a Nintendo 3DS podes jogar cooperativamente através de uma ligação sem fios, o que é fabuloso. Também temos controlos por movimento e depois, para a luta de espadas, usas o stylus, o que é muito bom porque funciona como a ponta da tua espada. Na Nintendo 3DS temos também bastantes minijogos inovadores, exclusivos para esta plataforma.

    Ao tentarem recriar o mundo de Tintim, depararam-se com alguns desafios interessantes?

    Levar Tintim de uma linha 2D propositadamente simplista para um mundo 3D e tentar apelar a toda a gente não é fácil, especialmente quando a banda desenhada já tem tantos fãs. Da primeira vez que fomos à Nova Zelândia para revermos o jogo com o Peter Jackson, tivemos uma discussão de cerca de 20 minutos com ele sobre o comprimento do bigode do capitão Haddock em que debatemos questões do género "É melhor mostrar o lábio ou tapá-lo?". É para veres o grau de pormenor a que chegávamos. Os próprios realizadores estiveram bastante envolvidos e a tarefa de recriar o mundo de Tintim não foi tomada de ânimo leve. Penso que o resultado é excelente e que respeita a visão da personagem de Hergé.
    Existe algum aspeto do jogo de que goste particularmente?

    Gosto muito do modo cooperativo, tem sido o meu favorito ultimamente e jogo-o bastante. Tem muitos níveis e também gosto de jogar na pele de diferentes personagens. O esperado será jogares na pele de Tintim ou de Haddock mas é muito divertido jogar na pele do cão Milu ou da Bianca, cujo poder especial é o canto – quando canta, gira e atordoa toda a gente. Os gémeos Dupont e Dupond também lá estão e giram as suas bengalas para afastarem os inimigos. O modo cooperativo também tem muitos fatos desbloqueáveis e outras coisas, sendo que podes gastar os tesouros que apanhas ao jogares com estes fatos e podes alternar entre eles rapidamente.

    Por que acha que Tintim permanece tão popular, ao fim deste tempo todo?

    Esta é uma história sobre um jovem herói e as suas aventuras pelo mundo com o seu melhor amigo, que eu lia quando era criança. Eu sou do Canadá mas tinha um amigo britânico que tinha a banda desenhada e que ma emprestou. Eu li e adorei! Quis vir para França para fazer estes jogos e estou bastante entusiasmado com o facto de o filme e de os jogos levarem Tintim a milhões de pessoas que nunca ouviram falar dele. Penso que vai angariar ainda mais fãs, o que é ótimo, e penso que Tintim merece continuar e tocar novas gerações. O jogo é muito divertido, quer na Wii quer na Nintendo 3DS, e penso que quererás experimentar o jogo em cada uma destas plataformas.

    O jogo As Aventuras de Tintim: O Segredo do Licorne já está nas lojas, para a Wii e a Nintendo 3DS.

      Data/hora atual: Qua Out 18, 2017 1:57 pm